Bandeira Científica

QUEM SOMOS

Diversas faculdades e cursos da USP foram se agregando à Bandeira até ela chegar no formato que se apresenta hoje. O projeto, que inicialmente contava apenas com o curso de Medicina, atualmente, conta também com outros 13 cursos. Leia abaixo como cada unidade atua na Bandeira.

Faculdades Participantes

 

Economia, Administração e Contabilidade

O objetivo da participação da FEA é trabalhar junto à Secretaria Municipal de Saúde do município que recebe o Projeto, no que diz respeito à administração e gestão pública de saúde. Pequenas melhorias na eficiência da administração pública municipal (sobretudo na área da Saúde) podem proporcionar reais avanços nos condicionantes da qualidade de vida da população local.
 
 

Engenharias (POLI)

A equipe composta por diversas engenharias da Escola Politécnica elabora projetos e ações voltadas para as demandas específicas do município, normalmente ligadas as questões de acessibilidade, melhoria das condições de infraestrutura e saneamento básico. Promove ações diretas com a população através de atividades educativas e de um posto de adaptações que busca soluções de baixo custo para melhoria na qualidade de vida de pessoas com deficiência física. 
 
 

Farmácia

Responsável pela aquisição, estoque, armazenamento e dispensação de medicamentos aos pacientes. A equipe da farmácia realiza assistência farmacêutica, se responsabilizando por criar estratégias individualizadas para cada paciente, de forma a otimizar a sua adesão à farmacoterapia. Nos postos de atendimento geral, a farmácia está presente como etapa final do fluxo de atendimento. Neste momento ocorre a dispensação dos medicamentos prescritos, bem como as orientações para seu uso correto. A orientação também conta com materiais ilustrativos, panfletos e cartilhas.
 
 

Fisioterapia

A Fisioterapia atua no cuidado ao indivíduo, tanto no plano singular quanto coletivo, participando da promoção da saúde, prevenção de agravos, tratamento e recuperação da sua saúde e cuidados paliativos. Cada indivíduo possui uma forma única e diferente de realizar atividades (andar, correr, sentar, cozinhar, comer, carregar peso, dormir, etc) e essa base é usada para melhorar a funcionalidade e qualidade de vida. Para isso podem ser usados recursos como exercícios de fortalecimentos, alongamentos, ativação muscular, terapia manual, aplicação de calor, frio, recursos elétricos, fototerapêuticos, entre outros.
 
Pode auxiliar em questões como: pós-operatório, problemas respiratórios, problemas sensoriais, condicionamento cardiovascular, dores musculoesqueléticas, queixas de dores no trabalho, desenvolvimento motor, idosos caidores, queixas posturais, lesões osteomusculares, mastectomia, incontinência urinária e fecal.
 
No Bandeira Científica está inserida no Posto Geral realizando atendimentos individuais, em grupo e compartilhados, participando também das atividades do Posto de Atenção Domiciliar como Visitas Domiciliares e Oficinas de Adaptações, das Coletivas e do Posto da Odontologia realizando orientações posturais.
 
 

Fonoaudiologia

A fonoaudiologia visa realizar intervenções clínicas, ações em promoção e educação em saúde com o objetivo de possibilitar melhor qualidade de vida para o indivíduo e suas coletividades. O investimento na aproximação intersetorial, construção de redes e em parcerias (referências e contrarreferências, setor educação e setor saúde) também é um fator de grande relevância para a área.

 

No posto de atendimento geral durante a imersão são realizados atendimentos individuais ou compartilhados com outras áreas. Além destes atendimentos também são feitos testes audiométricos na população de todas as idades que apresentem demanda audiológica. O posto de atendimento da odontologia conta com a participação da fonoaudiologia na execução de atividades educativas com foco no público infantil juntamente com a nutrição , e o posto de atenção domiciliar para a elaboração de meios alternativos de comunicação e visitas domiciliares. No processo de preparação e imersão do projeto, há a elaboração de coletivas com a cidade e temas que foram demandados pela cidade, a fonoaudiologia e outros cursos podem participar destas coletivas e por toda a sua composição.

 

 

Medicina

A equipe da Medicina atua em diversas frentes do projeto, sempre se organizando de forma a realizar ações que estarão de acordo com as demandas da cidade visitada, levantadas no período de preparação. Uma dessas frentes encontra-se no Posto Geral, onde os alunos realizam atendimentos nas áreas de Clínica Geral, Dermatologia, Fisiatria, Ginecologia, Medicina de Família e Comunidade, Otorrinolaringologia, Pediatria e Psiquiatria. No Posto Geral também são realizadas biópsias de pele e exames como ultrassonografia e eletrocardiografia.

 

Outra vertente da equipe no projeto é o Posto da Oftalmologia, que tem como objetivo principal o atendimento oftalmológico de crianças em idade escolar. Esse posto conta com a doação de óculos para as crianças com algum grau de comprometimentos da visão.

 

A equipe também está inserida em atividades interdisciplinares, como as atividades coletivas, que têm enfoque em promoção e educação em saúde, bem como as Visitas Domiciliares.
 
 

Medicina Jr.

A Medicina Jr. é uma Empresa Jr. composta por acadêmicos da Faculdade de Medicina (FMUSP), da Escola de Enfermagem e da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Dentro do Bandeira Científica ela é responsável pela logística dentro dos postos de atendimento, buscando melhorar a qualidade do acesso à saúde oferecido e aumentar a  experiência em Gestão de Saúde dos alunos participantes.
 
 

Nutrição

A nutrição visa a promoção, manutenção e recuperação da saúde, atuando na segurança alimentar e nutricional e atenção dietética. A atuação da área no projeto é ampla: são realizados atendimentos e avaliação nutricional no posto geral e atividades de educação nutricional com os pacientes da fila de espera.
 
De forma interdisciplinar atua em atividades educativas com a fonoaudiologia e a odontologia, sendo essas com foco no público infantil. Participa das atividades coletivas e visitas domiciliares, que envolvem as outras áreas atuantes do projeto. A equipe de nutrição é responsável pelo planejamento  e supervisão da alimentação oferecida durante a imersão para todos os participantes e pelo treinamento de boas práticas de manipulação das merendeiras do município.
 

Odontologia

A odontologia tem sua atuação voltada para crianças. Concede atendimento básico a escolares detectados com lesões cariosas. Realiza também ações educativas, visando a instrução acerca de técnicas de higienização e prevenção de doenças bucais.
Próteses totais, tratamentos endodônticos, cirurgias orais menores, procedimentos estéticos básicos também estão entre as propostas oferecidas pela equipe da odontologia. Sempre visando empoderar a população a respeito do cuidado e prevenção em saúde para que essa possa atuar como multiplicadora do conhecimento e cuidado proporcionados pela nossa equipe.
 

Psicologia

A Psicologia, a partir de uma perspectiva na qual se entende que o contexto e o sujeito estão interligados, realiza entrevistas com a finalidade de formar uma rede de pessoas que são consideradas como referências para a região e de conhecer o município a partir da perspectiva de seus moradores. Nesse mesmo sentido, a Psicologia também participa das atividades coletivas com grupos previamente estabelecidos, promovendo um espaço de troca de experiências em que se busca estimular a reflexão sobre a dinâmica da própria cidade e a relação da população com ela.
 
Nos postos de atendimento do projeto, a equipe realiza atendimentos que caracterizam-se por fechar-se em um encontro. Conforme a demanda, são realizados atendimentos psicológicos individuais ou familiares, voltados a todas as faixas etárias, os quais podem ocorrer a partir do encaminhamento de outra área da saúde ou a partir da solicitação do próprio usuário. São realizadas, também, visando um atendimento com olhar integral da saúde, interconsultas - que são atendimentos em conjunto com outras áreas de saúde - e visitas domiciliares.
 
Além disso, procura-se conhecer e traçar um trabalho em conjunto da rede de atenção à saúde mental do município (com profissionais das UBS, de Centros de Atenção Psicossocial – CAPS, do Conselho Tutelar, de unidades da Assistência Social, etc).


Terapia Ocupacional

A equipe de Terapia Ocupacional trabalha com pessoas de qualquer faixa etária que por problemáticas físicas, cognitivas, sensoriais, emocionais, psíquicas e/ou sociais, temporárias ou definitivas, estão com dificuldade em realizar atividades básicas da vida diária, como alimentar-se, vestir-se, comunicar-se, entre outras, e atividades instrumentais da vida diária, como estudar, trabalhar e cuidar da casa.

O objetivo da área é ser um facilitador na busca de modos de se relacionar e organizar frente às necessidades e demandas dos sujeitos e coletivos, buscando garantir autonomia, participação social e qualidade de vida.

     

Nesse sentido, a equipe da T.O. no Projeto Bandeira Científica está inserida nas atividades de assistência, como posto de atendimento geral, posto de atenção domiciliar, atividades coletivas e atividades específicas (Lúdico no posto da Odontologia, Sarau e Imaginário da Deficiência).

 

Saúde Pública

É responsável por fazer a avaliação em saúde sobre a cidade escolhida para atuação. Isso implica em conhecer os serviços, sistemas e programas da saúde da cidade. Procuramos entender quais são as demandas do SUS da cidade e durante a expedição buscamos desenvolver o diálogo com os gestores da rede em busca de trazer soluções plausíveis e de fácil realização.
 
Também buscamos fortalecer o vínculo dos cidadãos com os equipamentos do SUS e aprimorar a relação entre trabalhadores e usuários por meio de atividades em grupo, rodas de conversa, exposição de problemas e levantamento conjunto de possíveis soluções. Prezamos pela universalidade, pela integralidade e pela equidade, os três pilares do SUS e assim entendemos a saúde e o cuidado.
 




 

Voltar

NOTÍCIAS ASSINAR O FEED

  • SIGA-NOS